Você é 12 por 8?


Você já aferiu sua pressão arterial esse ano? Seja por curiosidade ou por prevenção, saiba que tal ação pode salvar sua vida e atuar como preventivo de várias complicações no futuro. E  não pense que essa doença só afeta pessoas  com mais de 60 anos..você deve e pode fazer isso em qualquer idade!! 

O alto nível de stress do dia-a-dia, obesidade/sobrepeso, consumo altíssimo de gorduras saturadas, alimentos industrializados e sal, além da ausência de atividade física = aumento do número de pessoas com hipertensão no mundo.

A pressão arterial nada mais é que a força com a qual o coração bombeia o sangue através dos vasos. Ela é determinada pelo volume de sangue que sai do coração e a resistência que ele encontra para circular pelos vasos

Pressão Normal = é igual ou inferior a 12 por 8 = máxima em 120 milímetros e mínima em 80 milímetros de mercúrio (mmHg) 
Hipertensão Arterial = os valores são iguais ou ultrapassam os 140/90 mmHg (ou 14 por 9)
Valores entre 12 por 8 e 14 por 9 são considerados limítrofes, ou pré-hipertensão, e podem merecer tratamento em alguns casos.

      Ter pressão alta pode causar:  infarto do coração, acidente vascular cerebral, insuficiência cardíaca e renal, impotência sexual, além de outras complicações que alteraram significantemente a qualidade de vida. 

Segundo a Organização Mundial de Saúde, quem é hipertenso e não faz o controle adequado pode ter uma redução na expectativa de vida de até 16 anos e seis meses!!!!

Mas a nutrição pode te ajudar a controlar  a hipertensão e aumentar sua expectativa de vida...e nem pense que com isso a comida ficará " sem graça"!! Siga estas dicas de temperos e combinação de ervas e tenha uma vida mais saudável e saborosa!!


Bouquet Garni – amarre algumas ervas como se fosse um bouquet com um fio de barbante ou pegue uma gaze, coloque as ervas frescas ou secas(em proporções iguais) dentro, amarre as bordas e deixe dentro da panela durante a cocção. Ao final do preparo retire a gaze e descarte. Todo os sabores e aromas passam para o alimento preparado e assim você reduz o uso do sal.



Para carne bovina
 Louro, salsa, tomilho /  Orégano, louro, alho e 1 tira de casca de laranja /  Tomilho, segurelha, manjerona. 
Para carne suína
Sálvia, aipo, salsa e tomilho /  Alecrim e segurelha / Tomilho-laranja, estragão e louro. 
Para peixe
Salsa, estragão, tomilho e 1 tira de casca de limão / Funcho, louro e tomilho-limão / Endro, salsa, cebolinha e erva cidreira. 
Para legumes
Orégano, tomilho, salsa e sálvia /  Aipo, segurelha, estragão e salsa /  Louro, alecrim e manjerona. 
Ervas de Provence: é uma mistura variável de ervas secas. Receitinha básica mas que pode ser alterada conforme seu gosto.


3 col sopa de tomilho
2 col sopa de manjerona
1 col chá de alecrim
1 col sopa de segurelha
1 col chá de flores de alfazema 

Moer ou triturar as ervas e guardar em frasco hermético.
Se não encontrar as ervas, você consegue comprar já pronto em qualquer supermercado na sessão de temperos secos.


Pimenta de ervas: Vai bem com: tubérculos, recheios de frango e sopas de Inverno. Pode ser combinado com alho e casca de laranja.
1 col sopa de alecrim seco
1 col sopa de tomilho seco
1 col sopa de manjerona seca
1 col sopa de pimenta do reino branca ou preta
1 col sopa de pimenta calabresa

Triturar ou moer e guardar em um pote hermético.
Bom apetite e aproveite bem sua refeição!!



Hipotireoidismo, você pode ter e não saber!

      Ontem foi o dia Mundial da Tireóide e vários lugares comemoram o dia promovendo ciclo de palestras e informativos à população sobre o funcionamento desta glândula e sua importância para o nosso corpo. Disturbios na glândula podem afetar todo o funcionamento do corpo. Dentre estes, o mais comum é o Hipotireoidismo que pode levar a obesidade e depressão. 

A tireóide é uma glândula localizada na região do pescoço que tem forma de borboleta. Esta é responsável pela produção dos hormônios tireoidianos -  T3 E T4 - que regulam o metabolismo.


Os sintomas mais comuns do hipotireoidismo são: cansaço, depressão, pele ressecada e amarelada, cabelos ásperos, unhas quebradiças, constipação intestinal, anemia, fadiga, perda do apetite, aumento de peso, períodos de menstruação irregular ou ausente, sonolência extrema, lentidão muscular, frequência cardíaca diminuída, lentidão mental, diminuição do crescimento do cabelo, alterações de voz e inchaços por todo corpo (mixidemas), hiperlipidemia, anemia e cãibras.

       O grande 'X' da questão é que algumas pessoas não são detectadas como hipotireoidianas porque não se encaixam nos parametros laboratoriais de alteração do TSH(exame que determina a taxa de funcionamento da glândula). Essas pessoas apresentam um TSH de 2,5 a 4,5, o que aparentemente está normal. Mas tais pessoas possuem quase todos os sintomas do hipotireoidismo clínico e sofrem com a dificuldade para perder peso. Nesses casos, detecta-se um hipotireoidismo subclínico e tais pessoas tem maior probabilidade de ganho de peso, maior triglicerideos e são mais propensos a ter Síndrome Metabólica.

Hipotireoidismo X Nutrição 

Para um tratamento adequado desta doença se faz necessário reduzir ou manter o peso, regularizar o funcionamento intestinal, evitar o aumento do colesterol e inchaço. 

Além disso alguns alimentos parecem suprimir o funcionamento da glândula, como:
Vegetais crucíferos: nabo, repolho, espinafre, couve, pêra e pêssego, brócolis, couve-flor, couve de bruxelas, couve, rabanete.
Glicosídios cianogênicos: mandioca, amendoin e batata doce
Isoflavonas da soja  
Linhaça e Chá Verde/Branco/Preto/Mate.

Sendo assim, se você tem algum destes sintomas, vale a pena procurar um nutricionista e endocrinologista para avaliar a situação. Pequenas mudanças podem fazer toda a diferença e facilitarão o seu tratamento.

Novas diretrizes para diabéticos


Endocrinologistas clínicos lançam novas diretrizes para diabéticos



A Associação Americana de Endocrinolgistas Clínicos (AACE) acaba de liberar novas recomendações  que realçam a necessidade de um tratamento personalizado e cuidados abrangentes para as pessoas com diabetes. Até o momento, esta forma de tratamento tem sido negligenciada, segundo os especialistas reunidos do 20th Congresso da Associação em 15 de Abril de 2011.  

As novas orientações,destacam não apenas o controle da glicemia, bem como o controle das co-morbidades, tais como: níveis elevados de lípides e da pressão arterial. Nos Estados Unidos apenas  7 a 13% dos pacientes tem valores aceitáveis de glicose, colesterol e pressão arterial. Estes pacientes devem também realizar tratamento com aspirina.
Além disso, as diretrizes apontam  a importância do tratamento da depressão e da apnéia do sono e também modificam os critérios para o diagnóstico do diabetes e  do diabetes gestacional.  A obesidade e as mudanças do estilo de vida são, mais uma vez, incluídos como componentes essencias do tratamento. A cirurgia bariátrica é recomendada para pacientes com IMC acima de 30 ou 35 kg .
Estas novas diretrizes são escritas no formato pergunta-resposta  e desenvolvidas por 23 líderes de  especialistas em diabetes nos Estados Unidos. Foram liberadas no começo de abril e recentemente publicadas na revista médica Endocrine Practice. A SBD ainda não se pronunciou sobre as mesmas. A sua aplicação no Brasil deve ser feita com ressalvas.

A meta de hemoglobina glicada é de 6.5% e deve ser perseguida realizando um tratamento eficaz, evitando os riscos de hipoglicemias severas. É ressaltado a importância da abordagem nutricional, a atividade física, o abandono do fumo, a quantidade e qualidade do sono. Todos estes fatores devem ser discutidos com os pacientes, mesmo na fase de pré-diabetes.
Estas novas diretrizes devem levar tempo para serem disseminadas.  Espera-se que estas normas contribuam para um melhor tratamento dos diabéticos e mudanças nas atuais condutas dos médicos.
As diretrizes da AACE, na sua íntegra, podem ser lidas em:

Promoção de Maio


Dicas do Dia


Você sabia?

... que o azeite de oliva extravirgem é rico em compostos fenólicos que lhe conferem propriedades antiaterogênicas, antiinflamatórias e antioxidantes?

... que o composto fenólico mais "característico" do azeite de oliva se chama oleuropeína?

... que a castanha do Pará, conhecida internacionalmente como "Brazil nut", é uma importante fonte de selênio (mineral antioxidante)?
     Vários estudos demonstram que a ingestão suplementar de apenas 1 castanha diariamente - em torno de 5 g - é suficiente para aumentar os níveis séricos de selênio e a atividade da glutationa peroxidase (uma enzima dependente de selênio que faz parte da defesa antioxidante do organismo).

... que, além do licopeno, o tomate contém ácido ferúlico, que preserva os neurônios da degeneração provocada pelo stress oxidativo, protegendo contra o Mal de Alzheimer, a Doença de Parkinson e a demência senil?



Se hoje você acordou meio indisposto e ta sentindo suas forças indo embora, experimente este suco revitalizador e aproveite o dia!!



Centrifugue 4 cenouras para extrair o suco. No liquidificador bata o suco com 1 ramo de salsão + 2 de erva-doce. Coe e Beba sem adoçar!
O salsão e a erva-doce estimulam o transporte de oxigênio, gerando uma onda instantânea de energia. Já a cenoura da o gostinho adocicado, além de auxiliar no funcionamento de vários órgãos.


Outra dica saborosa:
- Coma Chocolate Amargo 
Rico em polifenóis, sabidamente amigo do coração. Estes também interferem na produção de serotonina, causando melhora instantânea do humor e da disposição. O chocolate tem sido usado como tratamento para sindrome da fadiga crônica. Mas lembre-se: É UM SÓ!! Não vá comer um grande quantidade ou trocar pela versão ao leite ou branco. Se fizer isso o resultado será alguns quilos a mais na balança, o que seria desperdicio de energia!! 

Por Vanessa Bezerra

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...